Logo Salesianos

SALESIANOS

SALESIANOS NORDESTE

Notícias

NOVO SITE INSPETORIAL

NOVO SITE INSPETORIAL

27 de junho de 2018 Por suporte
A cara missionária dos salesianos do Nordeste do Brasil A Inspetoria é uma grande comunidade missionária a serviço dos jovens. Nela, salesianos e leigos estamos juntos em variados processos de formação e de animação pastoral. Com o dia do nosso patrono, São Luiz Gonzaga, entrou no ar o nosso novo site inspetorial, como instrumento de integração e organização de nossa grande comunidade inspetorial servidora dos jovens. É um novo endereço e um novo enfoque de site institucional: www.salesianos.org.br . O novo site pretende expressar a nossa identidade salesiana na sua missão educativa, pastoral e comunicacional. Para isso, ele foi construído em sintonia com o Quadro de Referência da Pastoral Juvenil. Assim, parte dos jovens, retoma o projeto educativo pastoral, apresenta os ambientes e atividades da missão e as estruturas e processos de animação pastoral. A partir de agora, o Informativo Inspetorial semanal (Nordeste Hoje), estará integrado ao site (área de notícias), assim como todo o serviço da equipe de pastoral juvenil e das comissões inspetoriais. No site, poderão ser encontrados todos os documentos, comunicados, relatórios referentes à nossa caminhada pastoral. O Site, afinal, quer ter a nossa cara missionária - o que nós somos e o que pretendemos ser, como grande comunidade missionária de salesianos e leigos a serviço das juventudes no Nordeste do Brasil, comprometida particularmente com os que têm menos oportunidade. Pe João Carlos Ribeiro Delegado da Comunicação Social
VER MAIS

ANGOLA, UM POVO DE FÉ

ANGOLA, UM POVO DE FÉ

27 de junho de 2018
Tive a graça de ir à Angola. Fui atendendo a um convite do Pe. Luigi De Liberali, salesiano missionário, meu amigo, que trabalhou vários anos no Nordeste. A oportunidade foi a celebração dos 125 anos da Missão Católica que os salesianos hoje animam em Calulo, na Província de Sumbe. Participei de um show, dentro de um festival já tradicional na região, ao lado de vários cantores do país. Em Angola, fiquei 10 dias, em contato com as missões salesianas de lá em diversas cidades, particularmente Calulo, onde me hospedei na maior parte do tempo. Os salesianos estão em Angola há pouco mais de 30 anos e constituem uma Visitadoria com 12 Casas Salesianas na capital e no interior. Estive na capital, Luanda, e conheci as obras salesianas de Lixeira, Palanca e a sede da Visitadoria. Visitei também casas salesianas em Viana e Dondo, além de Calulo. Conheci também presenças das irmãs salesianas. O POVO Angola é um país em reconstrução, após uma guerra civil que terminou há 16 anos apenas. A grande maioria da população vive no campo, em aldeias ou bairros. As estradas são precárias e não há indústrias. No campo, o povo trabalha na roça, nas lavras. Na cidade, grande parte vive pelas ruas vendendo alguma coisa. Mais da metade da população tem menos de 20 anos, creio eu. A independência do domínio português foi alcançada em 1975, depois de uma longa guerra de libertação. Após a independência, Angola foi palco de uma intensa guerra civil de 1975 a 2002. Angola é um país produtor de petróleo (mas não tem refinaria). Outra riqueza do país é a exploração de diamantes. Mas, 70% da população vive com menos de 2 dólares por dia. CATÓLICOS Angola tem um povo muito religioso, com mais da metade da população católica. Igrejas protestantes históricas estão também presentes. E é crescente a presença evangélica pentescostal no país. O país tem 18 dioceses, com clero local em maioria. Há muitas congregações religiosas dedicadas às missões entre os mais pobres, com escolas, creches, centros de formação profissional e cuidando das paróquias, como é o caso dos salesianos. Conheci um pouco das comunidades católicas espalhadas pelo vasto território, em aldeias ou bairros. A paróquia de Calulo, cuidada pelos salesianos, acompanha mais de 80 dessas comunidades, onde existe presença maior de católicos. Em cada uma delas, além das casinhas de 20 a 30 famílias, há uma capelinha que serve também de escola para a comunidade. Na aldeia, o animador da comunidade chama-se catequista. O catequista, em geral um homem já casado, é o líder religioso. Ele reúne a comunidade semanalmente para as orações, lidera as festas religiosas, responsabiliza-se pela catequese dos irmãos. Vai à sede da Missão habitualmente para as reuniões de organização e formação. ESCOLA Na sede da missão, há uma escola com muitos alunos adolescentes, ao lado da escola das irmãs que atende os de menos idade. A igreja paroquial está na sede da missão. Na cidade, há também outra igreja, um pequeno santuário diocesano dedicado a Nossa Senhora de Fátima. No espaço da Missão, as freiras têm sua casa e os salesianos (padres, irmãos e seminaristas) também têm sua residência. A Missão apoia uma orquestra sinfônica de meninos e adolescentes. No terreno adjunto, que eles chama de ‘fazenda’, planta-se café, bananas, amendoim, mandioca. A MISSA O povo é alegre e muito cordial. A missa tem uma enorme participação, num nível que não se vê em nossas comunidades no Brasil. Cantam muito, balançam-se e batem as mãos durante o canto. Cantam em português, mas também em suas línguas nativas (quinbundo, unbundo e outras). Em cada missa, um grupo da comunidade assume o papel de grupo coral, com uma regente à frente, mas todo o povo canta e participa, em quase cem por cento. Há danças também durante a liturgia: na procissão de entrada, na procissão da palavra, na procissão das oferendas e depois da comunhão. As mulheres usam panos coloridos: todas usam um pano como saia e outro cobrindo os ombros, além de pano na cabeça. Na missa, todas as mulheres usam o pano como saia. Os homens e rapazes também se vestem elegantemente para a missa: camisa de manga comprida ou camisas coloridas, sempre. As crianças ficam quietinhas durante a missa, acompanhadas de suas catequistas. Criança antes de um ano e meio é carregada nas costas da mãe ou de uma irmã ou da avó, seja para o trabalho no campo, seja para a Igreja. Além do show, tive oportunidade de falar aos alunos em duas escolas, de fazer palestras a seminaristas em três casas de formação, além das celebrações na sede da missão e nas comunidades. No aspirantado, em Viana, encontrei 65 aspirantes. No pré-noviciado, em Dondo, 13. No pós-noviciado, em Palanca, 32 seminaristas. Angola é uma Visitadoria já com um terço de salesianos angolanos. CATEQUESE Uma coisa de admirar é a catequese. Muita gente está na catequese. Em Calulo, são mais de 3.000 crianças e jovens na catequese, além dos adultos. Em Dondo, o diretor me falou de 3.200, nada comparado, disse ele, com Luwena, onde mais de 8.000 estão na catequese. Também os músicos que me acompanharam – David e Débora – gostaram muito do povo religioso e bom de Angola. Lá, podemos ajudar muito e aprender ainda mais. Por Pe. João Carlos Ribeiro
VER MAIS

AREIA BRANCA | Os 40 anos da presença Salesiana

AREIA BRANCA | Os 40 anos da presença Salesiana

27 de junho de 2018
Aconteceu nos dias 15, 16 e 17 de Junho, o tríduo em comemoração aos 40 anos da Presença dos Salesianos em nossa Cidade; e no dia 18/06, a Missa em ação de graças pelos 40 anos. No dia 15/06 – A atividade intititulada “Memória dos fiéis e missionários que aqui chegaram” iniciou-se às 15:00h, com a gincana da chegada, realizada pela equipe da catequese no Centro Juvenil Dom Bosco. Contamos com a presença dos três primeiros missionários: Pe. Bernado Roana, Irmão Antonio Cibin e o Pe. Giuseppe Venturelli. O Padre Alfredo Boldori, Pe. Demontier Távora e o Pe. Raimundo Felipe acolheram o Bispo Dom Mariano Manzana, que se fez presente para a Missa do Crisma. 25 jovens confirmavam sua fé. A Missa aconteceu às 19:00h, na Igreja Matriz. A mensagem desta noite foi de reflexão sobre os sonhos para os próximos 10 anos. Para simbolizar melhor esta reflexão, foi lançada a CÁPSULA DO TEMPO com as seguintes indagações: O que você sonha, ou gostaria que viesse acontecer nos próximos 10 anos? Por favor, não deixe perder estes seus sonhos, registre-os em uma folha de papel ou de outra forma e venha depositá-los na “CÁPSULA DO TEMPO”. Em 2028, daqui há 10 anos, quem estiver ainda aqui, poderá avaliar estes sonhos e averiguar as mudanças que eles terão produzido. Esta iniciativa gerou boas expectativas nos participantes. No dia 16/06 – a atividade intitulada “O Envolvimento emocional e as transformações” tinha como objetivo relembrar a trajetória vivenciada pelos missionários e suas realizações nas diversas décadas. A Missa, animada pela AJS, aconteceu às 16:00h, na Igreja Matriz . Foi bonito relembrar no ofertório todos os salesianos que por aqui passaram. Após a missa, as homenagens continuaram no Projeto Pôr do Sol com cordel, música ao vivo e depoimentos cheios de sentimento. No dia 17/06 – A atividade intitulada “O novo sonho Missionário” teve inicio com um Passeio ciclístico, às 07:00 da manhã, organizado pelos jovens do Oratório Dom Bosco, e, logo em seguida, aconteceu a Santa Missa, às 08:00, na Igreja Matriz, celebrada pelos Padres Bernardo Roana e Alfredo Boldori. No dia 18/06 - O grande dia - Festa de confraternização em comemoração aos 40 anos da Presença Salesiana em nossa comunidade. Pela manhã, aconteceu na Câmara Municipal uma Sessão solene em gratidão aos Salesianos pelo trabalho realizado. Estiveram presentes: Padre Bernardo, Padre Breno Gustalla, Pe. Alfredo Boldori, Pe. Giuseppe Venturelli, Irmão Antonio Cibin, Pe. Raimundo Ricardo, Pe. Demontier Távora, Pe. Emerson Melo e o Pe. Raimundo Felipe. Também estiveram presentes autoridades como: a Prefeita Iraneide Rebouças, o Vice João Paulo Borja, o Deputado Souza, a Vereadora Rebeca, e os Vereadores Netinho Cunha, Samuel Lemos, Kinho de Beguinho e Antonio Carlos, secretários municipais, as Irmãs da Congregação Filhas do Amor Divino, entre outros. Um momento emocionante se deu durante a apresentação do Livro de Confissões do Pe. Giuseppe Venturelli, que apesar de ser lido “todos” apreciaram a leitura com atenção, sentindo-se parte daquele discurso tão verdadeiro e profético. Às 16:00h, na Oficina Escola Dom Bosco, com a presença do Inspetor Pe. Nivaldo Pessinatti, Pe Alfredo Boldori, Pe. Giuseppe Venturelli, Pe. Raimundo Ricardo, Pe. Breno e Irmão Antônio Cibin, além do corpo técnico da OSDB (Francisca Batista, Assis Fernandes, Danielly Mendonça e Raissa Silva), alunos e empresários locais conheceram a proposta de revitalização da Oficina Escola, além da assinatura dos Termos de Estágio de 45 jovens dos cursos de Soldador, Caldeireiro e Torneiro Mecânico do “Projeto Mercado de Trabalho - Aí vou eu” realizados pelas Obras Sociais Dom Bosco, em Parceria com o Instituto Cooperforte. Ás 19:00h, na Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes “lotada”, aconteceu a Missa em ação de graças, animada pela ADMA e Cooperadores Salesianos. Estiveram presentes o nosso Bispo Dom Mariano, o Padre Inspetor Nivaldo Pessinatti, Pe. Alfredo Boldori, Pe. Giuseppe Venturelli, Pe. Eudes Barreto, Pe. Francisco Demontier, Pe. Raimundo Ricardo, Pe. Emerson Melo, Pe. Cezar Teixeira, Pe. Breno Gustalla, Pe. Bernardo Roana, Pe. Aristides Jorge, Pe. Raimundo Felipe, Pe. Railton (Serra do Mel) e o Irmão Antônio Cibin. Após a missa, foi servido um coquetel, com apresentações culturais, cordel, música ao vivo e muita alegria da comunidade local em reencontrar a todos os salesianos que por aqui passaram. Por Danielly Mendonça
VER MAIS

JABOATÃO, Centro de Formação Profissional Dom Bosco – Oratório | Encontro com as Famílias

JABOATÃO, Centro de Formação Profissional Dom Bosco – Oratório | Encontro com as Famílias

27 de junho de 2018
No dia 20 de junho de 2018, aconteceu o Encontro com as famílias, realizado no Centro de Formação Profissional Dom Bosco – Jaboatão, acolhendo os pais e responsáveis pelos jovens atendidos no projeto AdministrAção, Cultura, Cidadania e Paz, no curso de Assistente Administrativo. A aproximação e compartilhamento com as famílias fazem parte dos objetivos do projeto e do jeito salesiano de educar. A programação do encontro contou, num primeiro momento, com o “bom dia” e “boa tarde”, a reflexão da palavra de Deus e a oração do Pai nosso. Em seguida, a coordenadora pedagógica, Srª Fernanda Santana, apresentou o projeto e os resultados alcançados até então e as expectativas futuras. No segundo momento, realizou-se a oficina “fazendo juntos”, conduzida pelo coordenador administrativo, Sr. Valdecir Urbano, e pela educadora, Vanessa Mendes, onde foi explanado a respeito dos 3R’s (Reduzir, Reciclar e Reutilizar) e, jovens e pais, desfrutaram juntos de um momento de jardinagem reutilizando caixas de suco vazias, oriundas do lanche consumido por eles mesmos durantes as aulas, como vasos para plantar mudas. O objetivo foi, além de proporcionar conhecimento do tema, refletir sobre a importância de pais e filhos passarem mais tempo juntos, compartilhando experiências e interagindo entre si. Os filhos são como as plantas, embelezam e alegram o viver, mas precisam de cuidado e acompanhamento constante para crescerem vistosas e darem bons frutos. Cada palavra de incentivo dita é para o jovem o que um raio de sol é para a planta, e a formação humana e profissional adquirida durante a passagem no oratório é como adubo para seu crescimento. Todos puderam levar para casa seus vasos, uma lembrança cheia de significado. O último momento do encontro, após o lanche, foi uma roda de conversa entre os pais e responsáveis e a assistente social, Bárbara Cabral. Foram discutidos temas pertinentes à educação de adolescentes e jovens nos dias atuais, a importância de reforçar vínculos e estabelecer um relacionamento de confiança mútua, aberto ao diálogo, com pais presentes na vida dos filhos. Foram passadas algumas observações a respeito da dinâmica do curso, a fim de otimizar o processo de inserção e firmou-se uma parceria entre família e instituição em prol do bem-estar dos jovens atendidos. Um elo de mãos encerrou o encontro, simbolizando o momento vivido e o futuro esperado, família e instituição juntas de “mãos dadas” na formação de “bons cristãos e honestos cidadãos”, como nos diz Dom Bosco. Por Vanessa Mendes
VER MAIS

NOTÍCIAS

Centro Juvenil Dom Bosco anuncia pausa temporária nas atividades para homenagear Nossa Senhora dos Navegantes

Prezados leitores e parceiros da Obra Social Dom Bosco Temos uma notícia importante para compartilhar com todos vocês! No período de 5 a 16 de agosto, o Centro Juvenil Dom Bosco estará em pausa temporária em honra a uma das festividades mais significativas para a instituição: as comemorações em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes, […]
VER MAIS

Centro Juvenil sedia encontro de formação sobre direitos da criança e do adolescente em Areia Branca

O Centro Juvenil Dom Bosco sediou nesta terça-feira (18), um treinamento voltado aos pré-candidatos ao cargo de Conselheiros Tutelares, numa ação promovida pela Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Areia Branca-RN. O espaço foi solicitado pela gestão municipal e articulado através das Obras Sociais Dom Bosco, entidade filantrópica ligada a Paróquia de Nossa Senhora […]
VER MAIS

Criança Esperança: primeiras turmas são certificadas pela OSDB

A Obra Social Dom Bosco (OSDB) realizou nesta segunda-feira (05), solenidade de entrega de certificados das primeiras turmas do programa Criança Esperança, em Areia Branca-RN, que contemplou 38 alunos nos cursos de Eletricista Predial, Design Gráfico e Informática Básica. A solenidade aconteceu no Centro Juvenil Dom Bosco, local em que os formandos e familiares foram […]
VER MAIS

TEMAS

YOUTUBE